A empresa de Elon Musk quer responder a um grande dilemas da transição entre combustíveis fósseis e alternativas verdes.

A equipe da Tesla anunciou nesta segunda-feira (29) a Megapack. Nome de produto anabolizante à parte, esta é efetivamente a maior bateria já desenvolvida pela companhia elétrica de Elon Musk. Inspirada no projeto Hornsdale, sistema que a empresa havia instalado no sul da Austrália, a mega bateria representa uma solução ao gás natural e é capaz de armazenar 3 megawatt-hora de energia e 1.5 MW de capacidade em inversor por unidade.

Baterias como o Megapack são fundamentais na transição para matrizes renováveis. Estocar energia quando se usa alternativas inconstantes como a solar e a eólica garante suprimento frequente mesmo quando o sol já se pôs e os ventos se acalmaram, mas até o momento as soluções disponíveis para negócios são financeiramente inviáveis – até para o Facebook, acredite se quiser.

A ideia da empresa é oferecer soluções a negócios que sejam fáceis de instalar e monitorar. O caso de sucesso na Austrália pode ser um chamariz: ligado a uma fazendo de energia eólica, o Hornsdale rendeu aos cofres australianos uma economia de quase 40 milhões de dólares em seu primeiro ano.

Além disso, a Tesla se foca em oferecer algo ágil: a companhia diz ser capaz de instalar uma usina de 1 GWh, 250 MW e emissão zero em menos de três meses – quatro vezes mais rápido que a construção de um complexo fornecedor de combustíveis fósseis.

O Megapack é o terceiro e maior produto da linha de baterias Tesla – há também o Powerpack, para negócios e o Powerwall, para instalação doméstica – e vem em um momento instrumental para a empresa. Sim, os carros elétricos ainda respondem pela maior parte da receita, mas seu negócio de baterias vem crescendo. Foram 415 megawatt-hours de energia estocada através de seus produtos só neste trimestre, um salto de 81% do período anterior. Suas Powerwalls já foram instalados em 50 mil domicílios.

Fonte:https://gq.globo.com/Prazeres/Tecnologia/noticia/2019/07/com-nova-bateria-gigante-tesla-busca-acelerar-adocao-de-energia-renovavel.html