Razões para ter esperança em 2024: Cinco grandes mudanças que ocorreram desde o Acordo de Paris.
Com as emissões ainda a aumentar e as catástrofes naturais a causarem destruição em todo o mundo, não é de admirar que a ansiedade em relação ao clima esteja em máximos históricos.

Mas a esperança não está perdida. Desde a assinatura do Acordo de Paris, em 2015, registaram-se cinco grandes mudanças, afirma um novo estudo.

Embora termos como descarbonização e “zero emissões líquidas” tenham passado a fazer parte da linguagem quotidiana, nem sempre foi assim. Ao reconhecermos o caminho que percorremos na última década, podemos ver onde estamos a obter ganhos.
Desde a instalação de painéis solares à mobilidade elétrica, eis cinco formas de avançarmos na direção certa, de acordo com o estudo do Instituto NewClimate, uma organização alemã sem fins lucrativos.
1 – O discurso sobre as alterações climáticas tornou-se dominante em todo o planeta.
2 – A maioria dos países estão apontando para “zero emissões líquidas” e as previsões de aumento da temperatura são mais baixas
3 – Os investidores e as empresas sentem-se pressionados a agir em matéria de clima e energias renováveis
4 – As energias renováveis são atualmente mais baratas do que os combustíveis fósseis
5 – A eletrificação dos edifícios e dos transportes progredindo e expandindo rapidamente
A inovação e o investimento estão também ajudando a descarbonizar setores “difíceis de reduzir”, como o transporte marítimo e a indústria pesada. O aço com hidrogénio, os navios elétricos e os combustíveis com baixo teor de carbono estão entre os maiores desenvolvimentos.

Apesar de todos estes ganhos, “a própria crise climática está acelerando a um ritmo cada vez mais rápido”, afirmam os autores do estudo. Este fato realça a necessidade urgente de aumentar a dinâmica destes desenvolvimentos positivos.

A sua energia é o nosso negócio.