A adesão do Brasil à Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), anunciada ontem pelo Governo Federal em Brasília (DF), representa um importante passo em favor do desenvolvimento das energias renováveis no País, ampliando o envolvimento brasileiro em iniciativas multilaterais desenvolvidas em nosso planeta, cada vez mais globalizado e interconectado.

A afirmação é do presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Dr. Rodrigo Sauaia. Segundo ele, a partir desta decisão, o Brasil passa a integrar o principal e mais respeitado fórum internacional governamental no tema de energias renováveis.

“A ABSOLAR parabeniza o Ministério de Minas e Energia (MME), a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Ministério de Relações Exteriores (MRE) e as equipes dos demais ministérios do Governo Federal que trabalharam com afinco em prol desta adesão histórica. A participação do Brasil na IRENA era uma recomendação apontada pela ABSOLAR como de grande relevância para o País desde 2015, quando começamos a participar das delegações brasileiras para a COP”, comenta Sauaia.

Fonte: Envolverde 19/01/2018