DOHA – O Catar assinou um acordo com a Total da França e a Marubeni do Japão para construir um projeto de energia solar com capacidade de cerca de 800 megawatts (MW), disse o ministro da Energia do Catar neste domingo.

O custo do projeto é de cerca de 1,7 bilhão de riyals (US $ 467 milhões), disse Saad al-Kaabi, que também é diretor executivo da Qatar Petroleum (QP), em entrevista coletiva em Doha.

A Siraj Energy, do Catar, uma joint venture de propriedade da QP e da Qatar Electricity and Water Company (QEWC), terá uma participação de 60% na usina solar. Os 40% restantes serão de propriedade da Marubeni e da Total.

“Hoje é o início do projeto em si e esperamos que, no primeiro trimestre de 2021, tenha metade da capacidade (da planta) em funcionamento”, disse Kaabi, acrescentando que o projeto atingirá a capacidade máxima no primeiro trimestre de 2022.

Kaabi disse que o Catar, o maior fornecedor mundial de gás natural liquefeito (GNL), planeja mais projetos solares, já que o país pretende reduzir as emissões de carbono e minimizar seu impacto no meio ambiente.

Em outubro, Kaabi disse que o Catar havia encomendado uma planta de captura e armazenamento de carbono e pretende diminuir as emissões em 5 milhões de toneladas de carbono de suas operações de GNL até 2025.

Fonte: https://www.reuters.com/article/uk-qatar-energy-solar/qatar-to-build-solar-power-plant-with-total-and-marubeni-idUSKBN1ZI0BA