Com o objetivo de aquecer a economia brasileira e ampliar os modelos de negócio, o Governo Federal está propondo um pacote com medidas para estimular o crédito a partir de taxas mais baixas. A expectativa do Ministério da Economia é que as medidas impulsionem mais de R$10 trilhões em crédito.

O economista Roberto Troster explica que, entre as medidas, está a proposta de Cédula de Produto Rural (CPR) Verde, que funciona como uma troca de mercadorias por crédito, com facilitação de financiamento. Ouça o podcast!

“As Cédulas de Produto Rural já existem. Agora estão criando a Cédula de Produto Rural Verde, que possibilita receber pelo o que você faz pelo meio ambiente. Imagina uma indústria que polui muito e quer compensar isso, então ela paga para alguém despoluir. No caso seria o produtor rural quem despolui”, esclareceu.

Essa medida pode ajudar no desenvolvimento da bioeconomia brasileira pois incentiva que o produtor rural receba pela safra e por buscar melhorias ao meio ambiente. “É muito bom, porque se você consegue produzir carbono florestal, por exemplo, conserva a biodiversidade e os recursos hídricos, reduz o desmatamento. Todos esses benefícios que o produtor rural já fazia sem receber nada, agora ele vai ganhar por isso”, destacou.

A Cédula de Produto Rural Verde deve impactar os empresários e a população de um modo geral, caso haja, de fato, a possibilidade de vender créditos de carbono no exterior. Para exemplificar, Troster supõe uma relação com uma indústria francesa.

“Uma indústria que produz algo na França e polui o meio ambiente, e o produtor brasileiro sugere recuperar possíveis danos através da vegetação no Brasil. Então esse industrial francês vai pagar o produtor brasileiro para tirar da atmosfera a poluição que ele colocou. Isso significa que vamos exportar um serviço que já fazemos e nunca recebemos por isso. Se esse mercado começar a funcionar, será bom para o produtor rural brasileiro e para o país, porque o pagamento, neste exemplo, será em Euros. Também vai ser benéfico para o industrial francês, já que ele pagará um imposto que irá diretamente para quem resolve o problema do dano que ele está causando”, esclareceu.

Além do CPR, o pacote de medidas do Governo propõe estímulos aos pequenos investidores para reverter o cenário econômico atual, trazendo novas opções para o cumprimento de uma agenda mais positiva em 2022.

Fonte:https://exame.com/blog/instituto-millenium/cpr-verde-titulo-ira-recompensar-produtor-pela-preservacao-ambiental/