A comissária da União Europeia para Serviços Financeiros, Mairead McGuinness, afirmou nesta quinta-feira (7) que a crise energética na Europa deixa evidente a necessidade de aumentar os investimentos em produção de energia renovável. “Temos de acelerar esforços em direção ao uso de energias renováveis. Se formos menos dependentes de gás natural e petróleo, seremos mais sustentáveis e cumpriremos nossas metas climáticas”, afirmou a autoridade europeia durante a Cúpula da UE sobre Investimento Sustentável.

Segundo McGuinness, o aumento dos preços de energia é resultado de vários fatores relacionados à oferta e à demanda. Ela disse também que é necessário fornecer suporte para a população pobre, mais vulnerável à alta no custo da eletricidade.

No entanto, a comissária defendeu que a UE precisa, ao mesmo tempo, manter o foco em suas metas climáticas.

Transição energética

O Comissário da Economia da União Europeia Paolo Gentiloni afirmou que é preciso haver um esforço do bloco para facilitar investimentos em transição energética. Durante o evento, ele pediu que os países do bloco não repitam o que se viu após a crise financeira de 2009, quando segundo a autoridade o investimento público chegou a cair a zero.

Gentiloni destacou um esforço da UE para apoiar esses projetos. Além disso, disse que o bloco produzirá estatísticas que podem ajudar na frente da transição verde.

Comércio sustentável

Vice-presidente da Comissão Europeia e comissário da União Europeia para o Comércio, Valdis Dombrovskis se comprometeu a criar uma “coalizão” entre ministros do Comércio de países parceiros do bloco que queiram tomar medidas para promover o comércio de bens e serviços sustentáveis, durante discurso em evento sobre investimentos sustentáveis.

O comissário anunciou que irá chamar as autoridades para uma reunião sobre o assunto no ano que vem, para promover de forma abrangente o “comércio e a sustentabilidade como forma de nos ajudar a alcançar nossos objetivos ambientais e climáticos”.

Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/mundo/2021/10/4954096-crise-energetica-evidencia-necessidade-de-investir-em-energias-renovaveis-diz-ue.html