Espanha, Alemanha e Polónia lideram a produção de energia solar na UE.
Após mais um ano recorde de produção, a energia solar global gerará eletricidade suficiente para 57% das necessidades da UE, em 2023.

As instalações de painéis solares subiram 49% em todo o mundo no ano passado, segundo um novo relatório.

O aumento para 118 biliões de watts (gigawatts ou GW) em painéis nos telhados foi suficiente para abastecer mais 36 milhões de casas em todo o mundo, de acordo com a solarpower Europe, associação liderada por membros do continente.

A energia solar em geral cresceu 45 por cento para atingir 1,2 trilhão de watts (terawatts ou TW) de energia, colocando o renovável em curso para gerar 1.612 horas de TW (TWh) de eletricidade durante 2023. Isso equivale a 57% da procura total de eletricidade da UE.
“O mundo percebeu que as crises dos combustíveis fósseis são as crises que nunca desaparecem”, diz Aristotelis Chantavas, presidente da solarpower Europe.

“Mais do que nunca, as pessoas em todas as partes do mundo estão a voltar-se para a energia solar. Num ano definido pela crise energética e climática, a esperança na energia solar continua a brilhar.”

A sua energia é o nosso negócio.