Governo do Pará terá 100% de energia solar em órgãos públicos até a COP 30, em 2025.
Mais um compromisso do governo do Estado com a sustentabilidade e o uso responsável dos recursos naturais, foi firmado, nesta segunda-feira (3). O governador Helder Barbalho lançou o programa Energia Limpa, uma iniciativa para reduzir a dependência de fontes de energia não renováveis e diminuir os custos da energia elétrica.
O objetivo é promover a utilização de energia solar na Administração Pública Estadual do Pará. Com o programa, será possível promover a redução da emissão de gases de efeito estufa através da substituição de fontes de energia não renováveis por energia solar. Reduzir os custos com energia elétrica dos órgãos estaduais, estimular a pesquisa, inovação e o desenvolvimento tecnológico na área de energia solar no Pará, e também contribuir para o desenvolvimento sustentável do Estado.
Durante o lançamento do Energia Limpa, foi assinado um termo de cooperação entre a Secretaria de Estado de Administração e Planejamento (Seplad) e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) que tem como propósito a construção de uma usina fotovoltaica de 10MW no Parque de Ciência e Tecnologia do Guamá.

Somente essa primeira usina irá possibilitar uma economia mensal de mais de R$1 milhão de reais aos cofres públicos. Esta será u
O Estado do Pará possui um potencial enorme de geração de energia e a usina do PCT Guamá irá evitar a emissão de 6.294.460 kg de CO2 anualmente.

A sua energia é o nosso negócio.