Haddad ouve sugestão para energia solar no Minha Casa, Minha Vida.

Reuniram-se nesta semana em Brasília o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e diretores da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Eles debateram como a energia solar fotovoltaica pode ser uma ferramenta estratégica para a transição energética e o combate à crise climática.

Entre os temas tratados, destacou-se o do potencial de desenvolvimento de um mercado competitivo de hidrogênio verde (H2V) no Brasil, ajudando a posicionar o país como protagonista mundial na geopolítica de transição energética.

A Absolar também recomendou a inclusão da fonte solar fotovoltaica nos projetos de habitação de interesse social, como casas populares do programa Minha Casa Minha Vida, e também em escolas, hospitais, postos de saúde, delegacias, bibliotecas, museus e parques.

No caso das grandes usinas solares, a Absolar propôs um maior protagonismo da fonte solar nas contratações de leilões de energia elétrica do governo federal, já que a energia solar é a mais competitiva do País, ajudando na redução da conta de luz da população.

A sua energia é o nosso negócio.