A Mercedes-Benz apresentou nesta terça-feira (3) um carro elétrico capaz de rodar mais de 1.000 km com apenas uma carga de bateria. Trata-se do Mercedes Vision EQXX, um sedã de 4 lugares projetado para ter o máximo em eficiência. Dotado de uma bateria compacta de 100 kWh (com tamanho para ser usada até num carro compacto), o revolucionário projeto da Mercedes-Benz tem um consumo elétrico de apenas 10 kWh por 100 km.

Embora ainda seja um conceito, o sedã elétrico é resultado de um ano e meio de desenvolvimento do projeto na Alemanha. “O Mercedes-Benz Vision EQXX é como imaginamos o futuro dos carros elétricos”, disse Ola Källenius, presidente do Conselho de Administração da Daimler AG e Mercedes-Benz AG. A montadora não informou quando o carro entrará em produção.

Ao invés de simplesmente aumentar o tamanho da bateria, a equipe multifuncional internacional se concentrou em melhorar a eficiência de longa distância – o foco da Mercedes neste projeto foi a utilização do carro elétrico em viagens.

Para dar uma ideia, o carro elétrico mais econômico à venda no Brasil é o JAC e-JS1. Seu consumo é similar ao do Mercedes Vision EQXX (9,6 kWh/100 km), porém a bateria é muito pequena, de apenas 30,2 kWh. O pequeno e-JS1 tem um alcance de 302 km. Isso significa que a autonomia de 1.000 km para o Mercedes, que tem uma bateria de 100 kWh, é perfeitamente viável.

Ao contrário de monstros elétricos, como o Audi e-tron e o Porsche Taycan, o Mercedes Vision EQXX não é muito potente. Ele tem 150 kW de potência, o que equivale a 204 cv. Suficiente para uma viagem rápida, boas acelerações e – o mais importante – um alcance equivalente à distância entre São Paulo e Brasília (1.005 km) ou entre Porto Alegre e Foz do Iguaçu (996 km).

A aerodinâmica é excepcional, com coeficiente de arrasto de apenas 0.17. O sistema elétrico tem 900 Volts, o carro pesa cerca de 1.750 kg e a distância entre-eixos é generosa, de 2,800 m. Os pneus ecológicos Turanza Eco foram desenvolvidos em conjunto com a Bridgestone. O projeto do pneu presenta paredes laterais aerodinamicamente otimizadas para combinar com as calotas montadas nas rodas leves de magnésio de 20”. O design semitransparente de raios duplos dessas calotas atende a todos os requisitos aerodinâmicos e, ao mesmo tempo, mantém a visão dos detalhes em ouro rosa que adornam as rodas.

Não há um display central um um quadro de instrumentos. Trata-se de uma peça única, com várias telas, à frente do motorista e do passageiro. O display é altamente eficiente em termos de energia. Sua retroiluminação mini-led consiste em mais de 3.000 zonas de escurecimento locais, o que significa que consome energia apenas quando necessário em partes específicas da tela.

Fonte:https://www.terra.com.br/parceiros/guia-do-carro/mercedes-revela-carro-eletrico-com-1000-km-de-autonomia,cb76bf83c0f1cff6e83a0f3456d22b0b45d2j3lo.html