O consumo global de eletricidade deve se recuperar este ano, depois de cair durante a pandemia de Covid-19, disse a Agência Internacional de Energia em um relatório na quinta-feira (15), superando o crescimento em energia limpa e ameaçando as metas de emissões globais.

A demanda por eletricidade deve crescer quase 5% em 2021 e 4% em 2022, depois de cair 1% no ano passado, disse a IEA em seu relatório semestral do mercado de eletricidade.

A maior parte desse crescimento deverá vir da Ásia, onde o carvão, uma das fontes de energia mais sujas, ainda é amplamente utilizado.

Apesar dos avanços impressionantes em energia renovável – que a IEA disse estar a caminho de crescer 8% em 2021 e 6% em 2022 – ela só será capaz de atender a metade dessa demanda projetada, com o restante definido para ser coberto por combustíveis fósseis (45%) e energia nuclear.

Isso poderia prejudicar os esforços globais para combater as mudanças climáticas e reduzir as emissões de carbono, alertou a AIE, especialmente considerando um aumento esperado de 5% na geração de eletricidade a carvão em 2021.

As emissões de carbono para o setor elétrico – que caíram nos últimos dois anos – estão agora a caminho de atingir um recorde em 2022, disse a agência.

Fonte: https://www.forbes.com/sites/roberthart/2021/07/15/climate-goals-at-risk-as-surging-energy-demand-outpaces-growth-in-renewables-iea-warns/?sh=26f72b473872