Tesla anunciou um novo recorde nas vendas de carros elétricos no terceiro trimestre de 2021. A marca norte-americana tem contornado da forma que pode a crise no fornecimento de chips e outros componentes e segue rumo à meta de entregar 1 milhão de veículos em 2021.

Conforme os dados publicados pela montadora liderada por Elon Musk, os números de vendas e produção para o terceiro trimestre de 2021, entre julho e setembro, representam o melhor resultado no intervalo desde o início de suas operações.

Ao todo, a Tesla emplacou 241.300 unidades durante o último trimestre. Um aumento de 72,3% em relação ao mesmo período do ano passado, e um crescimento até mesmo sobre o recorde anterior do segundo trimestre de 2021 de 16,9%, o que indica aceleração de produção e vendas.

Entre os modelos – a Tesla informa os dados agrupados – a marca entregou 232.025 unidades dos modelos Model 3 e Model Y e 9.275 unidades dos recém-atualizados Model S e Model X no trimestre encerrado em setembro. Um total que superou com alguma margem os números estimados pelos analistas de Wall Street, que previam 222.700 vendas no referido período.

Na frente de produção, o número combinado de produção de todos os veículos elétricos da Tesla atingiu 237.823 unidades no terceiro trimestre de 2021. O detalhamento mostra que o Model 3/Y representou 228.882 desse total, deixando o Model S/X com 8.941, estes dois últimos em menor número que mesmo período do ano passado, mas com avanço sobre o trimestre anterior.

São resultados animadores para a Tesla, mas isso não quer dizer que a empresa não tenha enfrentado dificuldades, segundo o próprio Elon Musk, que tem lidado da forma que pode com as dificuldades junto a alguns fornecedores, o que tem causado alguns atrasos nas entregas.

Na frente de produção, o número combinado de produção de todos os veículos elétricos da Tesla atingiu 237.823 unidades no terceiro trimestre de 2021. O detalhamento mostra que o Model 3/Y representou 228.882 desse total, deixando o Model S/X com 8.941, estes dois últimos em menor número que mesmo período do ano passado, mas com avanço sobre o trimestre anterior.

São resultados animadores para a Tesla, mas isso não quer dizer que a empresa não tenha enfrentado dificuldades, segundo o próprio Elon Musk, que tem lidado da forma que pode com as dificuldades junto a alguns fornecedores, o que tem causado alguns atrasos nas entregas.

Fonte:https://insideevs.uol.com.br/news/538084/tesla-recorde-vendas-carros-eletricos/