O ano de 2022 já começa com o mercado de trabalho agitado. Enquanto 12% da população enfrenta o desemprego, as empresas encontram dificuldades para conseguir profissionais qualificados para áreas em ascensão. Em entrevista à Exame, Ricardo Basaglia, diretor geral da Michael Page, afirmou que esta dicotomia entre posições abertas sem profissionais para preenchê-las e o alto número de desempregados será uma das marcas do contexto do mercado este ano.

De acordo com um levantamento feito pela consultoria PageGroup, a busca será cada vez maior para setores de tecnologia, marketing e mercado financeiro. Nesta última área, o segmento que mais tem se destacado desde 2020 é o ESG, que é a sigla para questões ambientais, sociais e de governança.

Ou seja, é uma classificação que ajuda a identificar empresas que não se importam apenas com indicadores financeiros, mas também com questões trabalhistas, questões climáticas e emissões de carbono, por exemplo. Diversos levantamentos apontam que empresas que se comprometem com as práticas ESG tendem a aumentar a lucratividade e ganhar mais valor de mercado no longo prazo.

Entenda o que são os critérios ESG e se torne um profissional especializado nesta tendência do mercado para 2022

Uma pesquisa feita pela consultoria Grant Thornton em 2020 apontou que a importância das práticas ESG para os negócios é reconhecida por 89% das lideranças de empresas brasileiras. “As empresas estão sendo cobradas por investidores, clientes, colaboradores e pela sociedade em geral para adotar as boas práticas de ESG, não tem mais como fugir disso”, afirma Renata Faber, que é especialista em investimentos e responsável pela área de ESG na EXAME.

Mas, afinal, como se especializar em ESG? 

Com a alta demanda do mercado, algumas instituições começam a estruturar e ofertar cursos e especializações em ESG. Um bom profissional do setor precisa ser capaz de entender, implementar e medir os impactos dos padrões de responsabilidade social, governança e sustentabilidade no desempenho dos negócios. De maneira geral, esse especialista precisam saber:

  • Desenvolver uma visão estratégica para a empresa;
  • Viabilizar projetos de sustentabilidade;
  • Promover treinamentos de colaboradores com relação ao tema;
  • Criar e monitorar indicadores de desempenho de sustentabilidade;
  • Desenvolver relatórios para prestação de contas;
  • Minimizar os impactos da cadeia produtiva da empresa.

Observando essa deficiência na qualificação e falta de preparo dos profissionais para aplicar as práticas ESG no meio empresarial, a especialista em ESG da Exame Invest, Renata Faber, decidiu preparar a série gratuita Jornada do Executivo de Impacto.

O conteúdo gratuito e totalmente online, disponível para todos, está liberado entre os dias 10 e 17 de janeiro, e tem o objetivo de revelar quais são as habilidades necessárias para se tornar um profissional requisitado e, consequentemente, alcançar cargos e salários mais altos.

Na série de 4 episódios, a especialista Renata Faber – que também é head da área que mais cresceu da EXAME – vai explicar passo a passo para se destacar no mercado ESG e ter um trabalho com propósito.

Fonte:https://invest.exame.com/esg/vagas-abertas-este-e-um-dos-profissionais-mais-requisitados-para-2022